Fios cirúrgicos
Fios cirúrgicos
Os fios cirúrgicos,
ou lifting biológico, revertem os efeitos da flacidez
Os fios cirúrgicos, ou lifting biológico, revertem os efeitos da flacidez
INFORMAÇÕES PRÁTICAS
  • Indicações: Rejuvenescimento Facial através de um processo natural não cirurgico
  • Duração aproximada do tratamento: 30mins
  • Resultados visíveis ao fim de: Imediatos
  • Quando tempo dura o resultado: 3 anos ou mais

Fios cirúrgicos
Os fios cirúrgicos, ou lifting biológico, revertem os efeitos da flacidez
O conceito de beleza, atualmente em vigor e procurado pela grande maioria das pessoas é o da manutenção de uma pele jovem, firme, sem manchas ou rugas.

O lifting natural
Naturalmente que, com o avançar da idade, a pele começa a sofrer alterações, que de forma gradual modificarão seu aspeto, dando lugar ao envelhecimento cutâneo. No sentido de contrariar esse processo nasce da mais alta tecnologia japonesa a técnica dos fios cirúrgicos, ou lifting biológico.

VER MAIS

Um procedimento não cirúrgico
A técnica dos fios cirúrgicos é uma intervenção não cirúrgica, alternativa ao facelift ou ritidectomia (cirurgia plástica), produzindo efeitos de rejuvenescimento facial através de um processo natural e não invasivo.

A sintetização de fibras de colagénio
Os fios são inseridos através da pele até à camada da derme, neste local ativam os fibroblastos, células com a capacidade de sintetizar fibras de colagénio tipo I e III. O colagénio é a proteína mais abundante do corpo humano, estando presente na pele, mas também nos músculos, cartilagens, tendões, ligamentos e ossos. A sua função é fornecer resistência e densidade. A partir dos 30 anos, os fibroblastos começam a diminuir a sua atividade, levando, no caso da pele, a uma diminuição da sua firmeza e luminosidade. Com o aumento da estimulação dos fibroblastos provocada por esta técnica, o processo do envelhecimento cutâneo pode ser então contrariado.

Um tratamento personalizado
É um procedimento personalizado, sendo o número de fios cirúrgicos aplicados, avaliado caso a caso pelo cirurgião plástico. É possível a realização de retoques em qualquer momento com a introdução de novos fios.

Pode realizar no nosso ambulatório médico
A técnica dos fios cirúrgicos é realizada em ambiente de ambulatório com recurso a anestesia local.
É um procedimento indolor, realizado sem necessidade de incisões da pele. A sua aplicação é feita através de uma agulha guia, podendo esta ter diferentes calibres e capacidade de penetração nos tecidos, dependendo do caso em questão. Informe-se mais acerca da técnica dos fios cirúrgicos na clínica MyMoment, marque a sua consulta de avaliação, e conheça tudo o que este procedimento poderá fazer por si e pelo aspeto do seu rosto.

Os melhores especialistas
para o seu tratamento

A qualidade e a segurança em procedimentos de
cirurgia plástica e de medicina estética é definida pela sua equipa médica.
Marque uma consulta e  conheça os nossos cirurgiões plásticos, que
trabalham em equipa há mais de 10 anos.

Saber Mais

 

 

 

 

Antes & Depois

Mamoplastia de redução – 42 anos
hipertrofia mamária após 2 gravidezes

PERGUNTAS FREQUENTES
A quem é dirigida a aplicação de fios cirúrgicos?

Normalmente, a pacientes com idades acima dos 35 anos, que registem os primeiros sinais de flacidez, ou que apresentem uma pele flácida no rosto. Podendo desta forma ser considerado tanto um tratamento preventivo, como reparador. As pessoas com mais idade possuem uma menor capacidade de produzir fibroblastos, assim sendo é um tratamento que permite contornar esse aspeto de forma segura, discreta e relativamente simples.

Quanto tempo demora o procedimento?

A aplicação dos fios cirúrgicos demora em média 30 minutos.

Quando se notam os primeiros resultados?

Os resultados surgem imediatamente após a aplicação.

É necessário internamento?

Não. É uma intervenção realizada em ambiente de ambulatório.

A partir de quando é possível retomar as atividades do dia-a-dia?

A aplicação dos fios poderá resultar na formação de edema, que desaparece rapidamente. Ainda assim não é fator limitativo para que se retome as atividades do dia-a-dia, podendo estas começar de forma imediata. É possível a aplicação de maquilhagem imediatamente após a aplicação dos fios cirúrgicos.

Quais os riscos e complicações associados?

As complicações e riscos associados são muito raros e quando acontecem, ocorrem por curtos períodos de tempo. Entre as complicações observadas constam o edema, hematomas e eritemas.

Como ficam as cicatrizes?

O procedimento não deixa marca nem cicatrizes.

É um procedimento seguro?

Sim. Não tem capacidade de provocar reações de intolerância ou alérgicas, não interferindo com mecanismos imunológicos. Não é necessária a realização de cortes nem suturas. Apenas pode ser aplicado por médicos habilitados para o efeito, reduzindo a probabilidade de más práticas clínicas.

Fios cirúrgicos
ALEXANDRA FERNANDES / ATRIZ

Já frequento a clínica há alguns anos e já experimentei variados tratamentos.

Cuidados pré-cirúrgicos

É importante que programar a vida diária e social respeitando os cuidados necessários para a realização da cirurgia. O paciente deverá apresentar boas condições de saúde para realizar a intervenção.

Na consulta médica, é realizada uma avaliação física completa, onde são solicitados exames laboratoriais.

O médico deve ser informado sobre os medicamentos que habitualmente toma porque alguns deles devem ser suspensos, como é o caso dos anticoagulantes, os anti-inflamatórios ou quaisquer outros que possam aumentar o risco de hemorragias.

É fundamental que nas 8 horas antes da cirurgia se faça jejum absoluto de alimentos sólidos e líquidos.

É ainda fundamental parar de fumar antes da cirurgia e evitar tomar aspirina, anti-inflamatórios e medicamentos “naturais”, pois podem aumentar o risco de hemorragias durante a cirurgia.

É natural que se sinta um pouco ansiosa/o, que fique stressado na fase pré-operatória ou relativamente às suas expectativas. Discuta todas as suas questões com o seu cirurgião plástico.

A primeira etapa da cirurgia é a administração da anestesia para seu conforto. As opções incluem sedação intravenosa ou anestesia geral. O cirurgião plástico que irá operá-lo escolherá a melhor solução, adequada ao seu caso.

Segue-se a fase da incisão. Dependendo do grau de mudança que pretenda atingir, as suas opções de cirurgia incluem um lifting tradicional, lifting com incisão limitada ou Iifting de pescoço. Uma incisão de lifting tradicional, muitas vezes, começa no couro cabeludo na região temporal, continua em torno da orelha e termina na parte inferior do couro cabeludo.

Uma alternativa ao facelift tradicional utiliza incisões menores na região em torno da orelha e, possivelmente, dentro das pálpebras inferiores ou sob o lábio superior. A papada, a pele flácida no pescoço e a acumulação de gordura sob o queixo podem ser corrigidos com lifting de pescoço. A incisão de lifting de pescoço começa, muitas vezes, na frente do lóbulo da orelha, passando por trás da orelha, terminando na parte inferior do couro cabeludo.

Uma vez cicatrizada a pele, as linhas de incisão do lifting ficam bem escondidas no couro cabeludo e nos contornos naturais do rosto e do ouvido. Abordam-se os locais com maior flacidez cutânea, nomeadamente restaura-se a normal posição da sobrancelha, da maça do rosto e do contorno mandibular com evidentes efeitos na região periodal e peribucal. Introduzem-se as suturas internas necessárias para rejuvenescer a face e posterior encerra-se a pele com todo o cuidado.

Quando o procedimento for finalizado, pode ser colocada uma faixa compressora delicadamente em torno do seu rosto para minimizar o inchaço e os hematomas. Um dreno pode ser temporariamente colocado sob a pele para drenar qualquer excesso de sangue e de fluidos que possam ser acumulados.

Normalmente, os resultados desta cirurgia surgem ao fim de um mês após a cirurgia, com a regressão do edema (inchaço) e das equimoses (nódoas negras). O resultado final não só rejuvenesce a aparência, deixando-a/o mais jovem e descansada/o, mas pode também ajudar na recuperação da autoestima.

Cuidados pós-cirúrgicos

Recomenda-se a aplicação de gelo no período pós-cirúrgico por forma atenuar edemas (inchaços) decorrentes da cirurgia. Nas primeiras noites, deverá dormir com a cabeça discretamente elevada na almofada e manter-se com a face voltada para cima.

Pode levar vários meses para que o inchaço desapareça e, até seis meses, para que as linhas de incisão fiquem com uma aparência normal. A proteção solar permanente é fundamental e ajuda a manter a aparência rejuvenescida, minimizando o envelhecimento ou os danos do sol.

É altamente recomendado que não fume nas duas semanas antes e nas quatro semanas posteriores à cirurgia, assim como não é recomendado fazer esforços que ponham em causa a correta cicatrização das suturas. Além disso, um estilo de vida saudável também ajuda a prolongar os resultados obtidos com a cirurgia, dando-lhe uma aparência rejuvenescida e jovem.

Crédito até 24 Meses 0% juros.
Exemplo para um financiamento de 3600€ a 24 meses, com mensalidade de 150€

Os resultados podem variar de pessoa para pessoa.

No blog MyMoment