Redução de Pálpebras
Redução de Pálpebras
Remoção de excesso
de pele nas pálpebras
Remoção de excesso de pele nas pálpebras
INFORMAÇÕES PRÁTICAS
  • Duração aproximada da cirurgia – 30m, adicional a cirurgia mamária associada
  • Tipo de anestesia – anestesia local com sedação
  • Tipo de Recuperação – em Ambulatório (não precisa de Internamento, exceto se a cirurgia mamária associada assim o exigir)
  • Tempo de recuperação (até regressar ao trabalho ou à vida activa) – 3 dias (superior ou inferior) a 6 dias (superior e inferior)

A Blefaroplastia, ou cirurgia das pálpebras, é a cirurgia que permite a correção das deformidades nesta zona da face. Permite um rejuvenescimento da região peri-ocular através da remoção do excesso de pele das pálpebras e um reposicionamento da gordura.

Esta técnica permite eliminar ou reduzir os “papos nos olhos” e a pele ptótica (descaída), eliminando por isso o olhar “pesado e cansado” e dando-lhe uma nova vivacidade e jovialidade.

VER MAIS

As deformidades das pálpebras são geralmente adquiridas com o envelhecimento facial, pela perda da elasticidade da pele e pela diminuição do tónus dos tecidos, mas também podem ser resultantes de anomalias do crescimento, traumatismos ou outras doenças.

Estas deformidades podem, potencialmente, causar transtornos de visão além do aspeto inestético, conferindo à pessoa, muitas vezes, mais idade do que na realidade apresenta.

A blefaroplastia é uma cirurgia simples e rápida, que permite solucionar os casos acima mencionados, realizada habitualmente sob anestesia local, com ou sem sedação.

As incisões são feitas de forma a serem o menos percetíveis possível (nas pregas naturais dos olhos, ou na conjuntiva interna do olho), sendo praticamente invisíveis após cicatrização.

Dependendo dos casos e das necessidades específicas do paciente, pode ser realizada uma blefaroplastia superior, uma blefaroplastia inferior, ou ambas. Esta cirurgia pode ser associada a um facelift quando se pretende um rejuvenescimento total da face. É uma cirurgia com grande poder de rejuvenescimento em redor dos olhos, fazendo com que o olhar pareça mais descansado.

Na maior parte dos casos as melhorias são tão acentuadas que permitem um rejuvenescimento do aspeto da face em, pelo menos, uma década. Nesta como noutras cirurgias, a decisão de se submeter às mesmas é única e pessoal. Cada pessoa que decidir submeter-se a esta cirurgia tem de informar-se com o seu cirurgião plástico, para avaliar os benefícios da mesma.

Os melhores especialistas
para o seu tratamento

A qualidade e a segurança em procedimentos de
cirurgia plástica e de medicina estética é definida pela sua equipa médica.
Marque uma consulta e  conheça os nossos cirurgiões plásticos, que
trabalham em equipa há mais de 10 anos.

Saber Mais

 

 

 

 

Antes & Depois

Mamoplastia de redução – 42 anos
hipertrofia mamária após 2 gravidezes

PERGUNTAS FREQUENTES
Quem tem indicação para esta cirurgia?

Todos os pacientes que apresentem sintomas de um ou ambos os mamilos invertidos.

Qual é o tipo de anestesia?

É dada anestesia local.

É necessário internamento?

Não, a cirurgia é feita em regime de ambulatório.

Qual a duração da cirurgia?

Cerca de uma hora.

A cirurgia interfere com a amamentação?

Antes, as técnicas tradicionalmente utilizadas nesta cirurgia implicavam com a função da amamentação. Hoje em dia, com o desenvolvimento de novas técnicas cirúrgicas é possível fazer a correção dos mamilos invertidos  com menor probabilidade de interferir com a amamentação.

Redução de Pálpebras
ALEXANDRA FERNANDES / ATRIZ

Já frequento a clínica há alguns anos e já experimentei variados tratamentos.

Cuidados pré-cirúrgicos

É importante programar a vida diária e social respeitando os cuidados necessários para a realização da cirurgia. A paciente deverá apresentar boas condições de saúde para realizar a intervenção. Na consulta médica, é realizada uma avaliação física completa, onde são solicitados exames complementares de diagnóstico e análises laboratoriais.

É de extrema importância avisar o cirurgião plástico caso o paciente apresente sintomas de gripe ou se sinta indisposto antes da cirurgia, assim como dos medicamentos que habitualmente toma porque alguns deles devem ser suspensos, como é o caso dos anticoagulantes, os anti-inflamatórios ou quaisquer outros que possam aumentar o risco de hemorragias.

É fundamental que nas 8 horas antes da cirurgia se faça jejum absoluto de alimentos sólidos e líquidos. Os fumadores devem suspender hábitos tabágicos antes e depois da cirurgia até que a cicatrização normalize. Pessoas com diagnóstico de depressão devem avisar o médico durante a consulta de avaliação, para que sejam tomados os devidos cuidados.

O tempo de cirurgia, a anestesia a ser utilizada e todo o tipo de informações que deseje adquirir ser-lhe-ão indicados pelo cirurgião da clínica MyMoment.

Cuidados pós-cirúrgicos

É importante saber que o tempo de recuperação é muito variável dependendo de cada caso. A paciente deverá pedir a alguém que o acompanhe e fique consigo, pelo menos, na primeira noite, após a cirurgia.
Seguir as recomendações do médico é fundamental para o sucesso da cirurgia. É importante que as incisões cirúrgicas não sejam sujeitas à força excessiva, durante o período de cicatrização. Não deverá pegar em pesos, crianças ao colo, sacos ou conduzir num período pré definido e indicado pelo cirurgião, normalmente por um período de 20 dias a um mês.
Nos primeiros dias após a cirurgia deve repousar. Deve beber muita água. Durante as primeiras 48 horas após a cirurgia, os pacientes experimentam diversos graus de edema e hematomas. O inchaço pode persistir por mais tempo. As equimoses geralmente desaparecem dentro de sete a dez dias. Os pontos são normalmente removidos decorrida uma semana a duas semans da cirurgia, embora a maioria seja reabsorvível e não haja necessidade de os remover. É fundamental o uso de um soutien cirúrgico, por um tempo que será determinado pela equipa médica da clínica. Não deverá fumar durante o primeiro mês. E é muito importante que se inicie um protocolo de drenagens linfáticas ao fim de cerca de 5 dias após a cirurgia. Estas permitirão a redução do edema (inchaço) e prevenção de formação de fibroses.
Se os cuidados pós-operatórios forem tidos em consideração, poderá retomar as atividades normais num espaço de dez dias. Da mesma forma, o paciente pode minimizar os riscos e possíveis complicações se seguir os conselhos e as instruções do seu cirurgião plástico, antes e após a mamoplastia de redução.

Complemento à cirurgia – Simulação 3D

A simulação 3D é feita com um software muito inovador – Crisalix – que permite simular uma cirurgia plástica antes da realização da mesma. Os pacientes podem, desta forma, visualizar de uma forma muito real os resultados expectáveis da intervenção a que se irão submeter.

O sistema Crisalix permite a utilização de fotografias tiradas pela paciente ou pelo cirurgião. As imagens são depois processadas pelo software.

As imagens transmitidas por computador são uma forma de entender a abordagem estética do cirurgião permitindo ao paciente ter maior confiança nos resultados esperados. Este simulador melhora a comunicação entre o cirurgião e a paciente, ajuda a reconciliar as diferenças entre os desejos de ambos, permite analisar e suportar o planeamento pré-operatório e ajuda na identificação de pacientes com expectativas irrealistas. No final, médico e paciente compartilham os objetivos do tratamento.

Crédito até 24 Meses 0% juros.
Exemplo para um financiamento de 3600€ a 24 meses, com mensalidade de 150€

Os resultados podem variar de pessoa para pessoa.

No blog MyMoment