Os 6 mitos mais frequentes sobre lipoaspiração (e as nossas respostas)

Os 6 mitos mais frequentes sobre lipoaspiração (e as nossas respostas)

A lipoaspiração é uma das intervenções mais procuradas em
estética. Hoje queremos deslindar alguns dos mitos mais frequentes acerca desta
cirurgia:

1-      A Lipoaspiração permite emagrecer.

Trata-se de uma noção errada. Na verdade, a lipoaspiração não
se trata de um método de emagrecimento, mas sim de um procedimento que permite
remover gorduras localizadas. Não substitui a dieta, pelo contrário, poderá
complementá-la, uma vez que permite remover depósitos de gordura resistentes a
todos os exercícios. Para estar apto a realizar esta cirurgia, deverá
apresentar um peso estável.

2-      Vou fazer uma lipoaspiração, portanto, agora posso comer tudo o que me
apetecer.

Quando cometemos excessos alimentares é inevitável que surja
um aumento de peso global, pois a gordura deposita-se por todo o corpo. A
lipoaspiração é um procedimento local, não elimina a gordura de todo o corpo.
Na verdade, aconselhamos que faça uma dieta antes da cirurgia de forma a
potenciar os seus resultados e a manter uma alimentação equilibrada, mantendo o
seu corpo o mais saudável possível.

3-      A lipoaspiração trata a celulite.

Existem inúmeras ideias erradas associadas à celulite, como
por exemplo, que se trata de um problema exclusivo de quem apresenta excesso de
peso. A verdade não poderia estar mais longe deste conceito: a celulite é
causada pela formação de fibroses que resultam da acumulação de gordura e água.
A remoção local desta gordura não trata a celulite, uma vez que a fibrose
continua a estar presente.

4-      A lipoaspiração é um processo definitivo e não vou voltar a engordar.

A durabilidade da lipoaspiração está diretamente relacionada
com a manutenção do seu peso pois, caso este aumente, pode aumentar a deposição
de gordura em todo o corpo, zona lipoaspirada incluída. Ao ganhar peso, pode
também ocorrer o fenómeno de formação de depósitos de gordura em zonas que
anteriormente teriam menos propensão para este problema.

5-      A lipoaspiração com anestesia local é mais segura.

Este é provavelmente um dos mitos mais enraizados quando
falamos de uma pequena intervenção. A anestesia local na lipoaspiração efetua-se
apenas quando a quantidade de gordura a retirar é pequena e em poucos locais.
Caso necessite de intervenção em diversas zonas e seja necessário administrar
várias anestesias locais, é mais aconselhável e mais segura a anestesia geral.

6-      A lipoaspiração é uma cirurgia perigosa.

Com o avanço da tecnologia médica, procedimentos que até há
bem pouco tempo apresentavam riscos para a saúde e bem-estar são perfeitamente
seguros hoje em dia. Ainda assim, é essencial ser acompanhado durante todo o
processo por um médico cirurgião com experiência e certificação na área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

LIGAR AGORA
PEDIR INFORMAÇÕES
MARCAR CONSULTA