10 dicas para evitar os excessos alimentares

10 dicas para evitar os excessos alimentares

O Natal é uma época em que, tradicionalmente, se cometem excessos alimentares. Mas é importante ter alguma disciplina, para não deitar por terra o trabalho feito até aí. Devemos ter uma alimentação equilibrada ao longo do ano e a quadra natalícia não é exceção.

Mas, como sabemos que não é fácil resistir, partilhamos consigo alguns truques para fugir aos excessos alimentares!

 

Excessos alimentares: dicas para ficar a salvo!

Nas casas portuguesas, há uma “maldição” que nos dificulta a tarefa de evitar os excessos alimentares: a mesa posta durante vários dias! Também há a tendência de se cozinhar para além do necessário. Por outro lado, está frio, e a comida desta quadra festiva é de conforto. Estão, assim, reunidas as condições para nos rendermos à comida!

Podíamos continuar a enumerar razões para que se ceda aos excessos alimentares, mas vamos antes passar às 10 dicas da nossa nutricionista, Susana Barros, para que consiga resistir a um comportamento exagerado:

  1. Na véspera de Natal, mantenha o seu padrão alimentar até à consoada, não saltando refeições;
  2. Inicie os dias 24 e 25 com um pequeno-almoço saudável e equilibrado;
  3. Inicie o jantar de dia 24 e o almoço de dia 25 com uma sopa de legumes, para promover maior saciedade, sem fornecer um valor calórico elevado;
  4. Hidrate-se bem ao longo destes dias, bebendo sempre 1 copo de água antes de cada refeição — o vinho é uma bebida bem mais calórica, pelo que deve tentar moderar o seu consumo;
  5. Se puder, confecione versões alternativas das receitas de doces originais. Pode adotar pequenas mudanças que ajudam a reduzir o valor calórico, sem estragar a tradição, como:
    • Usar leite magro no arroz doce;
    • Reduzir 1/3 da quantidade de açúcar e da fonte de gordura;
    • Fazer as rabanadas no forno em vez de as fritar;
  6. Se não dispensa sobremesas, escolha apenas as suas favoritas e sirva-se de uma pequena porção;
  7. Termine as refeições com uma infusão digestiva — alecrim, hortelã-menta e camomila são boas opções;
  8. Não deixe de praticar exercício físico. Faça uma caminhada com a família na manhã de dia 25 e aproveite para se levantar da mesa pontualmente;
  9. Para evitar cair na tentação de repetir nas várias refeições, distribua as sobras pela família, ou até por pessoas carenciadas. Pode ainda congelá-las para as comer noutra ocasião ou reaproveitá-las para novos pratos;
  10. Não deixe a mesa posta com os doces de Natal entre o dia 25 e o fim do ano. Retome a rotina alimentar no dia 26 de dezembro. Este é o principal segredo!

 

Estas são dicas valiosas para resistir aos excessos alimentares típicos da época sem grandes esforços. Portanto, trace um plano e dê ao seu corpo um Feliz Natal!

Comemore as festas em família, mas garanta que entra em 2021 com um plano alimentar adequado aos seus objetivos. Se precisar de mais orientações para chegar onde deseja, descubra a consulta de nutrição, presencial ou online, e faça já a sua marcação.

LIGAR AGORA
PEDIR INFORMAÇÕES
MARCAR CONSULTA