Mamoplastia de redução: quando o volume mamário é um problema

Mamoplastia de redução: quando o volume mamário é um problema
As mamas são um importante símbolo de feminidade e o conceito de beleza mamária é extraordinariamente variável de acordo com a cultura, época e características individuais. 
No entanto, o excesso de volume mamário leva muitas vezes a exuberantes queixas de desconforto, dores nos ombros e pescoço, posturas desadequadas e até infeções cutâneas pelo excesso de humidade.
A mamoplastia de redução é um procedimento cirúrgico que permite não só reduzir o volume das mamas, mas subi-las e melhorar a sua forma. Está indicada em situações de excesso de volume e queda das mamas e mamilos.
Existem inúmeras técnicas cirúrgicas diferentes, variando de acordo com as características morfológicas da paciente, do objetivo estético e das preferências da paciente e do cirurgião. 
De forma genérica, o cirurgião excisa parte da glândula mamária e de pele em excesso, permitindo remodelar e subir a mama e o mamilo. As cicatrizes são planeadas de forma a que sejam o menos percetível possível.
A redução mamária é uma cirurgia que conta com elevadas taxas de satisfação, não só pela questão estética, mas também pela melhoria funcional com redução das queixas associadas ao excesso de volume e peso mamários.
Dr.Nuno Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

LIGAR AGORA
PEDIR INFORMAÇÕES
MARCAR CONSULTA