Lifting mamário no pós-parto, é possível?

mulher mais velha requer lifting mamário

Com a maternidade é natural que o corpo apresente mudanças, como um peito mais descaído, uma
acumulação de gordura onde anteriormente não existia e tantas outras questões que provavelmente vê ao espelho. No entanto, no final do dia tudo compensou, já que o resultado dessas marcas foi a maior viragem da sua vida.

Se quer recuperar o seu decote pré-parto, existem soluções e se já se perguntou se o lifting mamário no pós-parto é possível, temos todas as respostas para si.

Antes de mais, no período pré e pós-parto, poderá prevenir esta perda de firmeza tomando
precauções como:

1. A utilização de um soutien mais apropriado ao seu novo tamanho, uma vez que, por questões hormonais, ocorre sempre inchaço mamário durante e após a gravidez. Não é aconselhável manter o mesmo soutien ao longo de toda a vida, pois com as oscilações de peso e de volume as necessidades;

2. A utilização de certos cosméticos e cremes que podem ajudar a manter a firmeza do peito, especialmente quando acompanhados de massagem. Observe sempre a lista de ingredientes dos cremes e verifique se estes não têm na sua composição ácido retinóico, uma vez que este componente não pode ser usado por grávidas. Caso esteja a amamentar, evite sempre a auréola ao aplicar o creme.

É possível fazer um lifting mamário logo após o parto, de forma a recuperar a forma e a firmeza do peito. Pode até inclusivamente ser feito um lifting com prótese, para
recuperar algum volume.

No entanto, é provável que tenha algumas limitações na realização de esforços quotidianos.
Aconselhamos que peça apoio à sua família para ajudar a cuidar do bebé durante este período, caso opte por realizar a cirurgia logo após o parto.

Quem disse que não pode ter filhos e o corpo com que sempre sonhou? Porque não ter tudo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

LIGAR AGORA
PEDIR INFORMAÇÕES
MARCAR CONSULTA