Carboxiterapia: como o CO2 pode ser a sua arma anti-celulite

corpo esbelto com carboxiterapia

Celulite… o inimigo nº 1 da maioria das mulheres. A celulite afeta 85% a 98% do sexo feminino. Se está incluída nesta percentagem, saiba que o CO2 ou dióxido de carbono não está apenas no ar que expira, mas que pode ser um forte aliado nesta luta através do procedimento de carboxiterapia.

A causa da celulite mantém-se desconhecida. No entanto, alguns fatores parecem ter um papel fundamental no desenvolvimento da mesma, tais como:

Fatores hormonais e idade

Hormonas como estrogénio, insulina ou noradrenalina estão envolvidas no processo de desenvolvimento de celulite. As células de gordura aumentam de tamanho com a diminuição dos níveis de estrogénio, o que potencia o desenvolvimento de celulite. A idade, por si só, também é um fator que pode estimular a celulite, uma vez que com o passar dos anos a pele perde elasticidade e firmeza, tornando-se mais fina. Desta forma, a possibilidade de desenvolver celulite aumenta.

Estilo de vida e dieta

Uma alimentação rica em gorduras, hidratos de carbono e sal pode aumentar a probabilidade de sofrer de celulite. A celulite também é mais comum em fumadores, indivíduos sedentários e pessoas com excesso de gordura. No entanto, a celulite também afeta a população com peso saudável.

Fatores genéticos

Existem alguns genes que estão relacionados com o desenvolvimento de celulite. Para além disso, certos fatores genéticos relacionados com o seu metabolismo, distribuição de gordura corporal e circulação sanguínea, podem influenciar a probabilidade de desenvolver celulite. Assim, se quando aumenta de peso a gordura se acumula mais na zona das ancas, é possível que venha a desenvolver celulite nessa área.
A luta contra a celulite pode parecer uma batalha perdida devido aos vários fatores que a podem influenciar, mas é aqui que o dióxido de carbono (CO2) nos pode ajudar, através da carboxiterapia. Este tratamento pode ser útil na redução não só da celulite, mas também da gordura localizada, flacidez da pele e estrias, pois a técnica usada no tratamento pode ser adaptada a cada problema específico.
O aparelho de carboxiterapia permite controlar a forma como o dióxido de carbono medicinal é inserido no organismo. O tratamento promove a eliminação da celulite, contribuindo, assim, para uma redução visível da mesma. A carboxiterapia pode ser aplicada em várias partes do corpo, conforme seja necessário, embora as mais frequentes sejam o abdómen e pernas.
Os resultados variam consoante a quantidade de gordura acumulada. Para resultados visíveis no antes e depois da carboxiterapia recomenda-se que cumpra a recomendação de sessões efetuada na consulta de avaliação.
Aliado ao tratamento, é importante que tenha bons hábitos alimentares e que pratique exercício físico com regularidade, para que possa manter os resultados de forma duradoura.
A celulite tende a agravar com o passar do tempo. Desta forma, torna-se essencial apostar na prevenção da sua evolução, tendo como foco a sua redução. Não perca a oportunidade de tratar este problema de forma atempada e sinta-se bem no seu corpo todo o ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

LIGAR AGORA
PEDIR INFORMAÇÕES
MARCAR CONSULTA