Do equilíbrio à diversidade!
Do equilíbrio à diversidade!

Seja por questões de saúde, espirituais, ambientais ou éticas, há cada vez mais adeptos da alimentação vegetariana e vegana.

No caso da alimentação vegana, não se come qualquer tipo de carne, assim como alimentos de origem animal, incluindo leite, ovos e mel.

Já o vegetarianismo tem algumas variantes:

  • Ovo-lacto-vegetarianismo – não comem carne animal, mas consomem laticínios e ovos;
  • Lacto-vegetarianismo – não comem carne animal, mas consomem leite e seus derivados;
  • Ovo-vegetarianismo – não comem carne animal, mas consomem ovos.

Com estas restrições, surge a necessidade de compensar e equilibrar este tipo de dietas, para se evitar desequilíbrios alimentares, carências e até o aumento de peso. Estes são problemas que podem, efetivamente, surgir, caso não se saiba balancear as dietas vegetariana e vegana.

VER MAIS

Para isso, a melhor forma é procurar ajuda profissional, porque um nutricionista saberá aconselhar a maneira mais correta de garantir que não surgem os problemas acima mencionados.

Mesmo sem ser vegetariano ou vegano, caso procure fazer uma alimentação mais saudável e com uma base maioritariamente vegetal, a clínica MyMoment consegue ajudar a escolher os alimentos e as quantidades mais adequadas.

Numa consulta de nutrição, a ingestão atual é analisada ao detalhe, para que lhe sejam dadas as recomendações necessárias, atendendo aos seus gostos pessoais e de forma a que se adapte facilmente, mas sabendo que fará refeições variadas e equilibradas.

Os melhores especialistas
para o seu tratamento

“A forma como nos alimentamos representa a forma como nos tratamos a nós mesmos. Mais do que uma alimentação saudável considero que devemos ter uma alimentação funcional.” Dra. Susana Barros – Nutricionista

venha Conhecer-me
PERGUNTAS FREQUENTES
Com uma alimentação vegetariana ou vegana, é possível ingerir a quantidade diária necessária de proteínas?

Sim. Qualquer que seja o tipo de vegetarianismo, ou mesmo que a alimentação seja vegana, com as combinações corretas, é possível ingerir a quantidade suficiente de proteínas por dia.

Quando se é vegetariano ou vegano, é preciso tomar suplementos de vitamina B12?

Não necessariamente. Só os alimentos de origem animal contêm naturalmente esta vitamina, pelo que uma alimentação vegetariana ou vegana pode provocar esta deficiência, apesar de não ser a única causa.
A suplementação da vitamina B12 deve ser feita para prevenir o défice e não apenas quando este já existe. Portanto, quando se decide deixar de comer produtos de origem animal, deve começar-se logo a tomar estes suplementos, para se prevenir a carência, sendo que a dosagem dependerá do tipo de dieta a seguir.
De qualquer forma, todas as situações devem ser avaliados por um médico e pelo nutricionista.

As dietas vegetarianas e veganas são monótonas e repetitivas?

A própria necessidade de equilibrar a ingestão de nutrientes “obriga” a que este tipo de dietas sejam diversificadas. Para além disso, há muitas opções de origem vegetal, que permitem que se diversifique bastante.

A anemia é comum em vegetarianos e veganos?

O ferro dos alimentos de origem vegetal não é tão biodisponível como o de origem animal, mas isso não significa que vegetarianos e veganos ingiram menos ferro. Apesar de haver alguns fatores inibidores que prejudicam a absorção do ferro dos alimentos de origem vegetal, por outro lado, há fatores potenciadores da absorção do ferro deste tipo de alimentos, que passam por ações e combinações simples.

Crédito até 24 Meses 0% juros.
Exemplo para um financiamento de 3600€ a 24 meses, com mensalidade de 150€

Os resultados podem variar de pessoa para pessoa.

No blog MyMoment