Menu

Braquiplastia

Remoção da pele em excesso nos braços

É a cirurgia plástica indicada para tratar o excesso de gordura localizada, flacidez ou pele da região do braço, principalmente na região do tríceps, também conhecido como "músculo do adeus".

À medida que a idade vai avançando, os braços são uma área crítica em termos de flacidez e que incomoda bastante as pessoas. Para além disso, estas cirurgias tornaram-se muito frequentes particularmente em pacientes que perderam grandes quantidades de peso.

Ver mais

 

Consoante os casos, pode-se combinar a lipoaspiração com a braquiplastia, para remoção do excesso de pele e de gordura simultaneamente e assim se conseguir um resultado mais harmonioso.

Dr. David Rasteiro

Licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa e especialista em cirurgia plástica, reconstrutiva e estética pelo Hospital de São José de Lisboa (Ordem dos Médicos 44930).

Entre os vários estágios internacionais realizados, destacam-se o estágio em Cirurgia Plástica e Estética na Clinica Pietà em Curitiba, Brasil, sob a orientação da Dra. Ruth Graf, vencedora de dezenas de prémios e homenagens e no Hospital de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo – Centrinho. Em Nova Iorque, dedicou-se  à reconstrução mamária no Memorial Sloan Kettering Cancer Center e realizou ainda um Fellowship Internacional em Cirurgia Plástica Facial na Holanda (Erasmus MC) e Suíça (Laclinic).

Ver mais

Perguntas Frequentes

Estar muito acima do peso ou não estar em boas condições clínicas, como por exemplo ter uma infecção, problema de coagulação, doença em algum órgão importante ou ter risco cirúrgico alto, conforme a presença e condições de doenças crónicas como hipertensão, diabetes, entre outras...

Esta cirurgia envolve o reposicionamento da pele no braço e a retirada do seu excesso, para eliminar a flacidez do local. Quando há também presença de gordura localizada, pode ser feita uma lipoaspiração em simultâneo. A incisão é realizada na região axilar e estendida para a face interna dos braços. Se a flacidez por pouca, a cicatriz pode localizar-se apenas na axila. No entanto, quando a flacidez é excessiva, a marca estende-se também pelo braço, podendo chegar até antes do cotovelo.

O procedimento pode ser feito com anestesia local e sedação ou anestesia geral, neste último caso normalmente quando associada a outras cirurgias plásticas, como a abdominoplastia.

Dependendo da necessidade de aspirar ou não gordura, além de remover o excesso de pele, pode demorar de 2 a 3 horas.

O paciente deve ficar sem levantar os braços durante cerca de 2 a 3 semanas.
A drenagem linfática também é indicada para a redução do edema (inchaço) e para acelerar a cicatrização. É preciso usar malha elástica compressiva na região durante cerca de 1 mês, não fazer movimentos bruscos com os braços e evitar pesos, nas primeiras semanas. Também é preciso proteger bem a cicatriz dos raios solares, para evitar que escureça.